MELHORE O PALADAR DO SEU EVENTO, VENHA PRO FAROFA

A minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Estamos aqui para trocar informações. Trabalhamos com arte e cultura. Marcondes Mesqueu: (21) 964523908 jornalistammmesqueu@gmail.com

sábado, 4 de maio de 2013

PÁGINA ZERO


TE CONVIDO A ASSISTIR
Nina cantando Doce de Coco
https://www.youtube.com/watch?v=kUpfLDTgWy4
De quem é essa “Imagem de menina / Voz de mulher”? A música começa a ganhar espaço na vida de Nina aos 12 anos quando ela se reunia com as amigas para cantar. Era apenas uma brincadeira de criança, mas foi ai que além do prazer de cantar, percebeu que o timbre da sua voz chamava atenção. Sua estrada começa a ser desenhada de uma maneira inesperada, excêntrica...
Uma jovem dedica seu estudo musical a obras clássicas da nossa MPB, indo ao encontro da poesia de Pixinguinha, Vinicius de Moraes, Tom Jobim, Baden Powell, Paulo César Pinheiro, João Nogueira, Hermínio Bello de Carvalho, Billy Blanco, Paulo Valdez, Paulinho da Viola, Antonio Maria, João Bosco, Dorival Caymmi, entre outros. Formada na Escola de Música Villa-Lobos, foi incentivada pelo professor Marcos Teixeira, seu bruxo, como ela o chama. Ele ficou impressionado com a forma de cantar “à moda antiga” que Nina apresenta nos palcos. Sua leveza e dramaticidade contaminam aqueles que a assistem, pois tem no cantar um misto de poesia e resistência. 
 "Não poder me dedicar somente à carreira como cantora por falta de condições é bem frustrante. E mais frustrante ainda é ter que aliar isso ao meu trabalho como professora da rede estadual, que não promove adequadas condições de trabalho e não possibilita desenvolver um ensino de qualidade. Ou seja, vejo de perto a degradação da educação e a falácia da meritocracia." Nina Rodrigues.